05 julho 2013

O que o formato dos seus batons dizem sobre você?

Eu sempre fui muito vaidosa desde pequenininha. E sempre reparei que minha mãe usava muito um batom e ficava com um formato diferente.  E eu sempre fiquei imaginando qual seria o formato do meu batom!
Hoje eu já sei qual é o formato do meu batom, e ele é super distinto do formato das minhas amigas, mas você sabia que isso tem um motivo?

Cada pessoa tem uma maneira de aplicar batom que reflete sua personalidade.


O meu é de organizada! E o seu, qual é?



31 janeiro 2013

A Queridinha: Franja...

Franja. Tai uma coisa que a maioria das meninas usam ou já usaram e gostam bastante. Diante do dilema de muita gente me perguntar como cortar a franja ou se combinaria com o seu formato de rosto, decidi fazer esse post pra deixar vocês com mais vontade de fazer.


Geométrica  
Fica melhor em rosto quadrado e com cortes assimétricos, super reta. Tome cuidado apenas para não ficar com o rosto muito infantil, se você tem o rosto muito delicado.

Total Desfiada
Prática e democrática, cortada acima da sobrancelha e totalmente desigual.O bom é que ela combina com qualquer rosto,arrume com pomada, ou só passe os dedos que ela se ajeita.
Arredondada e Cheia
Fica melhor em rostos redondos e ovais, como o da JessieJ. O truque é na hora de secar, com a escova bem rente a raiz para dar volume a franja.E quanto mais comprida as laterais mais alonga o rosto.


Lateral
É a minha preferida! Pode ser cortada na diagonal, ou reta com fios irregulares.As irregularidades(desconectado) deixem um ar de leveza no rosto.Não passa muito a mão pra ficar ajeitando.

Ajustes:
1. Finalizar a franja com pomada ou spray pra deixar ela ajustada.Eu costumo usar o spray, no meu cabelo a pomada deixa com um jeitão mais ainda de oleoso.
2. Escovar bem a raiz pra assentar a direção da franja, as que são retas pra frente use a escova arredondando as pontas pra dar mais volume.
3. E nada de mega esticar a raiz na escova, deixa muito artificial, chapinha só no comprimento, a não ser que tenha o cabelo crespo, por que se já for liso ou ondulado ficará com marca.
4. Manutenção da franja normalmente de 15 em 15 dias pra ela não perder o formato, isso pode ser feito em casa, se você não tiver coordenação assim como eu, vá ao salão.


Bom, é isso? Gostaram? Qual combina com vocês?




24 janeiro 2013

Como se vestir de acordo com o seu corpo.

Qual é o corpo “perfeito”?
Os padrões de hoje consideram um corpo Ampulheta com Rosto Oval como o padrão. Mas 98% da população não tem esse “padrão perfeito”. Então o que fazemos é tentar nos vestir para deixar nosso corpo o mais parecido possível com uma ampulheta.
Mas EU sinceramente acho que não existe corpo perfeito. Para mim isso é uma ilusão que as pessoas criam. Claro que a gente se veste para balancear as formas, mas eu acho que o corpo perfeito é o que quem a gente quer agradar mais gosta!
Na hora de tentar criar o tal do corpo perfeito, há dois formatos de corpo que precisamos conhecer e achar a combinação perfeita, a estrutura vertical e a horizontal.
A estrutura vertical
É muito importante entender que o corpo não é só cintura, busto, quadris. Na hora de se vestir também é bom considerar se suas pernas são longas, curtas, se seu tronco é longo, curto… etc. 
Uma maneira fácil de determinar a sua estrutura vertical é medir dos pés até os quadris e dos quadris até a cabeça. Compare essas duas medidas, o quadril meio que divide seu corpo no meio. Sendo assim:
Pernas compridas e Tronco curto

Se as suas pernas são mais compridas que a parte de cima do seu corpo, seu objetivo principal é balancear o visual criando a ilusão de pernas mais curtas e tronco mais longo.
Abuse:
  •  Detalhes que atraem a atenção para baixo como saias e calças largas e estampadas(se for alta).
  •  Acessórios e bijus médias para longas(se você for alta).
  •  Saias e calças de cores mais claras do que a blusa.
  •  Blusas médias ou longas para fora da calça.
  •  Blusas ou vestidos justos na cintura.
  •  Saias e calças com cós fino ou sem cós.
  •  Saias retas ou abertas.
  •  Calças com cintura baixa
.Evite:

  •  Acessórios que prendam o olhar no topo do corpo.
  •  Listras verticais.
  •  Blusas curtas.
  •  Blusas ou vestidos com corte no busto, muito abertos embaixo.
  •  Cintos largos
  •  Calças ou saias de cintura alta.
  •  Calças boyfriend, saruel, cargo.

Corpo balanceado:
Se a parte de cima do seu corpo é mais ou menos do mesmo tamanho da parte de baixo você tem um corpo balanceado. Se esse é seu tipo de corpo seu objetivo principal é alongar o seu torso.

Abuse:
  • Bijus, jóias, lenços e acessórios que chamam atenção para seus ombros e rosto.
  • Blusas médias ou longas.
  • Camisas fora da calça/saia/short.
  • Parte de cima e parte de baixo da mesma cor.
  • Blusas e Vestidos mais justos na cintura.
  • Shorts e calças com cós estreito ou sem cós.
  • Calças e saias retas
  • Calças acinturadas ou com cintura baixa.
Evite:
  • Blusas curtas.
  • Blusas ou vestidos justos na cintura que abrem muito para baixo.
  • Cintos muito largos.
  • Calças ou saias com cós largo.


Pernas curtas, Tronco comprido.

Se as suas pernas são curtas comparado ao seu tronco provavelmente você também tem a cintura muito baixa. A maioria das pessoas com esse tipo de corpo é baixinha. Seu objetivo principal é alongar as pernas.

Abuse:
  • Bijus, jóias, lenços e acessórios que chamam atenção para seus ombros e rosto.
  • Blusas curtas ou médias, dentro da calça, saia, short (se você é magra).
  • Peça de cima mais clara, peça de baixo mais escura.
  • Cintos largos ou médios.
  • Saias retas.
  • Calças retas ou bem abertas.
  • Calça e sapato da mesma cor.
  • Salto médio ou alto.
  • Calças compridas até o chão.
      Evite:      
  •  Blusas compridas.
  • Calças ou saias com cintura muito baixa, apertadas e afuniladas.
  • Calças curtas.


     Estrutura Horizontal 
A estrutura horizontal é a proporção do busto, barriga e quadril. Conhecer essa proporção nos ajuda a escolher roupas que vestem melhor. Mas também é importante levar em consideração outros fatores como tamanho do pescoço, ombros, etc.
Para achar sua estrutura horizontal fique de frente a um espelho de corpo inteiro. Segure uma régua debaixo do braço, na cintura e nos quadris. Compare as medidas e descubra!
Retângulo
Ombros, cinturas e quadris na mesma proporção. É uma estrutura bem proporcionada, muito elegante, mas sem curvas. Então seu objetivo é criar uma ilusão de ter curvas.



Abuse:
  • Parte de cima estampada.
  • Decotes em V ou U
  • Muitos acessórios no colo.
  • Vestidos e blusas que mostram os braços e as costas.
  • Peças com cintura bem definida.
  • Calças justas, retas, com bolsos.
  • Saias curtas ou rodadas.
  • Vestido com cintura baixa e demarcada.
  • Cintos e faixas de cores escuras(emagrecem!).
  • Blazers acinturados ou com um cinto sobreposto.
  • Peças com cintura alta, zíperes ou bordados no quadril.
  • Saias com cós grosso ou plissado.



Evite:
  • Calças e saias com cintura baixa.
  • Peças com corte quadrado.
  • Gola alta.
  • Jaquetas curtas.
  • Roupas muito largas.
  • Detalhes exagerados, qualquer coisa que aumente o volume da cintura.


  

      Oval/ Redondo

    Nesse tipo de corpo a cintura é maior que os ombros e quadris, e outras partes do corpo tem formato arredondado. A dica aqui é afinar a cintura, assim você consegue deixar o corpo mais parecido com o formato ampulheta. Vamos disfarçar a barriga e deixar o colo, os braços e as panturrilhas a mostra.


   Abuse: 
  • Decotes grandes U ou V, canoa.
  • Tudo que chama atenção para o colo e pescoço.
  • Túnicas, blazers, tricôs e camisas longas. Não deixe nada parar na cintura nem na metade do quadril, sempre abaixo.
  • Saias e calças retas, sem pregas. A calça pode ser de cintura no lugar ou alta e de preferência com a barra tocando o peito do pé. Lavagens escuras também ajudam.
  • Looks Monocromáticos.
  • Vestidos com corte abaixo do busto.
  • Camisas e túnicas até a altura dos joelhos.
  • Muitos brincos e anéis.
Evite:
  • Tomara que caia.
  • Cintos e faixas ou qualquer detalhe que chame atenção para o quadril.
  • Pregas, babados, drapeados.
  • Camisetas curtas que mostram a barriga.
  • Calças afuniladas, muito justas, legging ou de cintura baixa.
  • Tecidos volumosos.
  • Bolsos e botões muito grandes.
  • Gola alta, lenços no pescoço, colares com muitas voltas ou volumosos.
  • Roupas claras e com brilho.
  • Listras horizontais.
  • Saias, vestidos e shorts curtos.
  • Blusa por dentro da calça.
  • Vestido com recorte abaixo do busto.


Violão/8/Ampulheta 

Esse tipo de corpo é o sonho de muitas mulheres. Esse tipo de corpo tem os ombos e quadris da mesma largura, e a cintura mais fina. Se a mulher for magrinha então, pode vestir tudo! Mas se ela estiver acima do peso é preciso diminuir um pouco o busto e quadril. Lembre-se de explorar a cintura! Escolha peças que acentuam suas curvas e não que as escondem.

    Abuse:

  • Tops, Regatas, Frente únicas, mangas curtas.
  • Tecidos maleáveis e de caimento leve.
  • Vestidos e blusas transpassados e acinturados.
  • Calças de corte reto e cintura baixa.
  • Saias fluidas ou mais justas.
  • Faixas, cintos médios e finos.


    Evite:
  • Roupas retas ou muito soltas.
  • Vestidos em formato de trapézio.
  • Blusas, camisas, blazers, casacos com ombros muito largos.
  • Gola alta.
  • Blusas e vestidos amarrados no pescoço.
  • Pregas, saias muito volumosas.
  • Blusas curtas.
  • Casacos sem cintura ou com corte muito reto.
  • Exagerar nos acessórios.
  • Calças largas.





Triângulo Invertido

Para as mulheres com esse tipo físico o segredo está em diminuir o ombro, adicionar volume no quadril,chegando na medida do ombro. Não se esqueça de valorizar as pernas e o colo.




Abuse:
  • Frente única, regatas de alça fina.
  • Cachecóis e echarpes finos e compridos.
  • Vestido de cava americana.
  • Golas discretas.
  • Calças de cintura baixa.
  • Decotes estreitos e profundos
  • Saias e vestidos evasê, rodados tipo pantalona ou retos.
  • Saias com volume, babados, plissados, bordados.
  • Calças com volume, pregas ou e cores fortes.
  • Vestidos em viés ou tipo túnica que valorizem sua cintura e pernas.
  • Casacos mais compridos abaixo do quadril.

Evite:
  • Calças muito justas, afuniladas, sequinhas, sem nenhum volume.
  • Blusas e vestidos com ombreiras ou estampas muito coloridas.
  • Decote canoa.
  • Tomara que caia.
  • Blusas com tecidos volumosos ou muito detalhes no busto.
  • Brincos grandes e colares curtos.
  • Blusas com linhas horizontais.
  • Saias e vestidos justos ou afunilados.
  • Bolsas de alça curta.


Pera ou Triângulo

Esse tipo de mulher tem os ombros estreitos, cintura pequena e quadris largos. O truque é fazer com que os ombros se estendam horizontalmente, chegando a medida do quadril. Diminuir visualmente o quadril também funciona. Não se esqueça de valorizar a cintura.


Abuse:

  • Calças retas, bem estruturadas com frentes simples e bainhas largas.
  • Mangas bufantes, com volume.
  • Decotes de ombro a ombro, deixando-os de fora.
  • Detalhes horizontais e tecidos firmes.
  • Blusas acinturadas ou tomara que caia, coloridas com detalhes.
  • Saias levemente afuniladas, trapézio, sempre até o joelho.
  • Camiseta com manga.
  • Casacos mais curtos.
  • Salto alto.
  • Brincos chamativos.
  • Camisas ou tricos com a cava mais caída, ultrapassando a linha do ombro.
  • Casacos mais compridos sem brilho e escuros.
  • Calças e saias de cores escuras, mas não muito justas.

Evite:
  • Calças e saias que dão mais volume ao quadril, pregas, bolsos volumosos.
  • Roupas muito curtas e cintura baixa.
  • Regatas de alças muito finas.
  • Camisas de punhos largos
  • Decotes profundos em V.
  • Casacos e blusas que terminam em cima do quadril.
  • Qualquer detalhe na altura do quadril, bolsas, bordados, babados, bolsos, etc.
  • Calça muito justa, curta, cigarrete, strech ou corsário.
  • Calça clara e blusa escura. Faça ao contrário.

Gostaram das dicas? Descobriram o seu tipo de corpo?









13 janeiro 2013

Dica: Pigmentando lápis de olho...


Sempre gostei muito de lápis de olho, mas alguns sempre me decepcionavam pois não eram macios e nunca eram tão pigmentados como pareciam ser na embalagem.

Até que aprendi um truque que uso muito com aqueles lápis que tem uma cor linda, que são super baratinhos e que a gente encontra em qualquer perfumaria.
Existem lápis que você olha e pensa: ‘’Nossa que cor linda e vibrante’’, mas na verdade o resultado é uma cor bem fraquinha e opaca.

Uso o secador. O calor do jato amolece a cera fazendo que a cor transfira muito mais intensa e fácil para a pele.


Deixo o vento em contato com a ponta do lápis em média 5 segundos apenas, senão vai amolecer demais e quebrar na hora de aplicar.
Se quiser aquecer bem para fazer ‘tipo’ uma cerinha para aplicar como base para sombras também pode ser mais um opção, para aqueles lápis que está sem uso por não ter uma boa pigmentação.

Antigamente eu costumava fazer isso usando um “isqueiro” diretamente para aquecer a ponta do lápis. Com lápis preto funcionava, ele amolecia e ficava BEM preto. Mas com lápis colorido o isqueiro deixava a ponta do lápis preta e estragava a cor.

Espero que gostem da dica... 

Próxima Página Home